16°C 26°C
São Paulo, SP
Publicidade

Arraiá da Mira: Junina Flor de Mandacaru vence com temática anti-agrotóxicos e pró reforma agrária

O cenário montado no Parque de Exposições Lourencio Vieira, era improvável para a poderosa denúncia social que a Flor de Mandacaru trouxe à tona. Durante trinta minutos os brincantes encantaram e provocaram reflexões. O tema escolhido, que abordava a agricultura e as adversidades enfrentadas pelos pequenos produtores, ressoou atualidade e urgência que transcenderam o tradicional espetáculo junino.

10/06/2024 às 18h58 Atualizada em 17/06/2024 às 09h36
Por: Carlos Leen
Compartilhe:
Flor de Mandacaru no Arraiá da Mira, em Imperatriz — Foto: Reprodução
Flor de Mandacaru no Arraiá da Mira, em Imperatriz — Foto: Reprodução

O Arraiá da Mira 2024 ganhou um brilho especial com a apresentação da quadrilha Flor de Mandacaru, de Açailândia.

A companhia se consagrou campeã e garantiu seu lugar no prestigioso Festival de Quadrilhas da Globo Nordeste, que acontecerá em 22 de junho, em Recife, Pernambuco.

O cenário montado no Parque de Exposições Lourencio Vieira, era improvável para a poderosa denúncia social que a Flor de Mandacaru trouxe à tona. Durante trinta minutos os brincantes encantaram e provocaram reflexões.

O tema escolhido, que abordava a agricultura e as adversidades enfrentadas pelos pequenos produtores, ressoou atualidade e urgência que transcenderam o tradicional espetáculo junino.

Coreografias e letras ressaltaram a resistência dos pequenos agricultores na luta por seus direitos à terra.

Em movimentos sincrônicos, a quadrilha também denunciou o uso indiscriminado de agrotóxicos que envenena não só as plantações, mas a própria vida rural.

O contraste entre a alegria contagiante da festa junina e a seriedade da mensagem trouxe a essência da cultura nordestina: celebração e luta, de resistência e esperança.

O apoio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, proporcionado pelo Governo Lula, foi essencial para que o Arraiá da Mira pudesse ocorrer este ano, reunindo diversas quadrilhas juninas e fortalecendo o panorama cultural do estado.

Em tempos onde a arte e a cultura muitas vezes são vistas como supérfluas, iniciativas como essa reafirmam seu papel vital na conscientização e no estímulo ao debate social.

Ao término da apresentação, enquanto os brincantes se abraçavam em lágrimas de alegria e alívio, o público deixou o parque com a certeza de que havia presenciado algo além de uma simples dança: um grito de resistência e uma flor de esperança para o homem do campo maranhense.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Paulo, SP
22°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 26°

21° Sensação
2.57km/h Vento
44% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h47 Nascer do sol
05h28 Pôr do sol
Qua 28° 16°
Qui 28° 18°
Sex 28° 17°
Sáb 28° 18°
Dom 30° 20°
Atualizado às 18h06
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,34%
Euro
R$ 5,84 +0,42%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,03%
Bitcoin
R$ 375,097,89 -2,26%
Ibovespa
119,630,44 pts 0.41%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade