14°C 25°C
São Paulo, SP
Publicidade

Câmara Municipal aprova lei que regulamenta transporte de passageiros em motos por aplicativos em Imperatriz

Em uma decisão unânime, a Câmara Municipal de Imperatriz aprovou o projeto de lei que regulamenta o transporte de passageiros por motociclistas de aplicativo na cidade. Os 15 vereadores presentes durante a sessão votaram a favor do projeto, atendendo a uma demanda crescente da classe dos motociclistas, que desde o mês passado tem realizado diversas manifestações pedindo a legalização dos serviços.

27/06/2024 às 13h22 Atualizada em 03/07/2024 às 16h23
Por: Carlos Leen
Compartilhe:
Com a aprovação do projeto de lei pela Câmara, o próximo passo é a sanção do prefeito Assis Ramos.
Com a aprovação do projeto de lei pela Câmara, o próximo passo é a sanção do prefeito Assis Ramos.

Em uma decisão unânime, a Câmara Municipal de Imperatriz aprovou o projeto de lei que regulamenta o transporte de passageiros por motociclistas de aplicativo na cidade. Os 15 vereadores presentes durante a sessão votaram a favor do projeto, atendendo a uma demanda crescente da classe dos motociclistas, que desde o mês passado tem realizado diversas manifestações pedindo a legalização dos serviços.

Na manhã da última quarta-feira (26), os motociclistas se reuniram em manifestação antes de comparecerem a Casa de Leis. Com faixas e cartazes, eles expressaram seu apoio à aprovação do projeto e a necessidade urgente de regulamentação para evitar apreensões de veículos pela Secretaria de Trânsito e Transportes (Setran).

A classe, que conta com quase 2 mil motociclistas, vinha enfrentando dificuldades devido às apreensões realizadas pela Setran, o que motivou a série de protestos. "A regulamentação é essencial para que possamos trabalhar com segurança e dignidade", disse um dos líderes do movimento dos motociclistas. "Agora, esperamos que o prefeito sancione a lei o mais rápido possível."

Com a aprovação do projeto de lei pela Câmara, o próximo passo é a sanção do prefeito Assis Ramos. A expectativa é alta entre os motociclistas, que veem na regulamentação uma oportunidade de garantir direitos e formalizar uma atividade que se tornou essencial para muitos trabalhadores e usuários de transporte na cidade.

O transporte de passageiros por motociclistas de aplicativo reflete uma tendência crescente nas cidades brasileiras, onde a mobilidade urbana tem se adaptado às novas tecnologias e formas de prestação de serviços.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários