14°C 25°C
São Paulo, SP
Publicidade

Lula em São Luis

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, estará em São Luis e anunciará na próxima sexta-feira, 21 de junho, ao lado do governador Carlos Brandão, uma grande obra de ampliação da Avenida a Litorânea.

20/06/2024 às 09h22 Atualizada em 27/06/2024 às 17h36
Por: Carlos Leen
Compartilhe:
Divulgação: Assessoria
Divulgação: Assessoria

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, estará em São Luis e anunciará na próxima sexta-feira, 21 de junho, ao lado do governador Carlos Brandão, uma grande obra de ampliação da Avenida a Litorânea.

A via que é estratégica para a mobilidade urbana da capital maranhense, proporcionando um eixo de transporte público que serve como alternativa às rotas congestionadas do centro. Serão investidos R$ 237 milhões nesta expansão, que irá implantar faixa exclusiva para ônibus na via, ampliando a conectividade regional e integrando dois importantes polos urbanos na área metropolitana.

A cerimônia será às 15h na Avenida Litorânea, além  do corredor de transporte público na Avenida Litorânea, vai ser anunciado o investimento do polo receptor de energias renováveis de Graça Aranha.

O polo receptor de energias renováveis tem previsão de R$ 9 bilhões em investimentos no Maranhão, para a construção de 602 km de linha de transmissão, atravessando 14 municípios maranhenses. A construção deve gerar 3 mil empregos diretos e 9 mil indiretos.

Na cerimônia ainda serão anunciadas a ordem de serviço para a expansão do Berço 98 (área especializada em granéis sólidos vegetais) e a renovação do contrato de delegação do Porto do Itaqui — principal porto do Corredor Centro-Norte do país — por mais 25 anos.

Além disso, serão apresentados o termo de compromisso para a expansão do programa Luz para Todos para quase 10 mil unidades consumidoras e a ordem de empenho dos espaços esportivos comunitários do Maranhão, equipamentos incluídos no Novo PAC, que vão atender prioritariamente crianças, jovens, adultos e idosos que vivem em regiões consideradas de alta vulnerabilidade.

Com um investimento de aproximadamente R$ 46,5 milhões, serão beneficiadas com a construção dos equipamentos públicos 31 cidades maranhenses: Açailândia, Bacabal, Barreirinhas, Brejo, Chapadinha, Coelho Neto, Coroatá, Cururupu, Paço do Lumiar, Penalva, Presidente Dutra, Raposa, Santa Helena, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Rita, São Bento, São Luís, Timon, Tuntum, Tutóia, Vargem Grande e Zé Doca.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários