16°C 26°C
São Paulo, SP
Publicidade

Presidente da Caema rebate acusações sobre buracos em Imperatriz e destaca falta de diálogo do Prefeito

“Não é verdade que o problema de buracos dentro da cidade é provocado pela nossa Companhia. Não se sustenta de pé. Como engenheiro, eu garanto a você que não se sustenta de pé.” Disse.

19/04/2024 às 14h58 Atualizada em 30/04/2024 às 11h25
Por: Carlos Leen
Compartilhe:
Marco Aurélio enfatiza a necessidade de parceria para resolver questões de infraestrutura na cidade
Marco Aurélio enfatiza a necessidade de parceria para resolver questões de infraestrutura na cidade

Em uma entrevista concedida aos jornalistas Arimateia Jr e Mônica Brandão nesta sexta-feira (19), o engenheiro e presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Marco Aurélio Freitas, contestou veementemente as acusações de que a buraqueira nas ruas de Imperatriz seja responsabilidade da companhia.

“Não é verdade que o problema de buracos dentro da cidade é provocado pela nossa Companhia. Não se sustenta de pé. Como engenheiro, eu garanto a você que não se sustenta de pé. Disse.

Desafio

“O prefeito é muito inteligente. Se não, ele não tinha passado em um concurso público dentro de umas das carreiras mais concorridas que tem dentro do país e dentro do Maranhão. Então não estamos falando de uma pessoa leiga. Agora, ele não vem discutir comigo (essa questão da buraqueira) que isso não se mantém de pé”, ponderou Marco Aurélio que também foi secretário de obras em São Luís.

Infraestrutura

Sobre as críticas do atual prefeito em relação à falta de infraestrutura, Marco Aurélio esclareceu que a responsabilidade da Caema está centrada nos resíduos, coleta, tratamento de esgoto e captação de água e tratamento para distribuição. Ele ressaltou a necessidade de segmentar as responsabilidades ao apontar problemas na cidade.

"Ao invés de ficarmos batendo de frente com a gestão municipal, levamos serviços, entregamos água. Mas para toda e qualquer contra-prestação de serviço, há de se ter uma remuneração. E aí eu caio no meu primeiro problema, que é a falta de arrecadação do volume que nós precisamos para ampliar, manter o sistema funcionando à plena carga".

Dívidas

Em relação às dívidas enormes que a Prefeitura de Imperatriz possui com a companhia, Marco Aurélio revelou que ultrapassam os vinte milhões de reais. No entanto, ele destacou que a Caema não interrompeu o fornecimento de água a instituições fundamentais como escolas, postos de saúde e hospitais, demonstrando um compromisso com a situação do povo que não tem culpa pela má gestão..

“Não é verdade que o problema de buracos dentro da cidade é provocado pela nossa Companhia. Não se sustenta de pé. Como engenheiro, eu garanto a você que não se sustenta de pé. Disse Marco Aurélio.

Falta de diálogo

O presidente da Caema lamentou a falta de diálogo com a prefeitura para resolver questões básicas. Ele compartilhou sua experiência anterior como secretário de obras em São Luís, onde propôs parcerias para solucionar problemas semelhantes. No entanto, ressaltou que em Imperatriz não houve avanços significativos nesse sentido.

"Eu imaginei que nós iríamos construir uma relação para resolver problemas. Uma dessas proposituras era ajuste de contas entre as partes. Essa propositura de um convênio para que, sob a responsabilidade do município, a recomposição asfáltica fosse feita, e então nós iríamos resolver o problema do ajuste da conta." Sobre uma reunião entre a Companhia e o Prefeito, intermediada pelo secretário da casa cível, Sebastião Madeira, ano passado, Marco Aurélio afirmou que não houve avanço algum. 

Novos investimentos

Marco Aurélio ainda comentou acerca dos investimentos já feitos pelo Gov. Carlos Brandão em Imperatriz. “Digo mais a vocês, desde que nós chegamos, o Governador Brandão, através da Caema, nós já colocamos mais de 16 milhões de reais investimentos. Nós estamos cumprindo a nossa parte. Para além dessa situação, nós subimos para o Governo Federal. Eu espero que o governador, ainda no mês de maio, anuncie os números, porque nós vamos para a universalização de água e de esgoto em Imperatriz, em São Luís, em Barreirinhas, e vamos universalizar água em mais 49 municípios do Estado. Esse é nosso compromisso.” Finalizou.  

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”
Governo MA Há 4 dias Em Geral

Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”

Foram atendidas em Imperatriz 33 pessoas de São Pedro da Água Branca, público-alvo das ações
Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz
Participação Social Há 2 semanas Em Geral

Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz

Nas audiências públicas de cada região, a população vai eleger quatro propostas, que já constam no Plano Plurianual (PPA 2024-2027) e que valem ser priorizadas já para o ano seguinte. Após a etapa presencial, haverá votação on-line na plataforma PARTICIPA MARANHÂO.
Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão
Meio Ambiente Há 2 semanas Em Geral

Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão

De acordo com um novo levantamento elaborado pela Rede de Agroecologia do Maranhão (Rama) e pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Maranhão (Fetaema), mais de 80 comunidades sofreram com os impactos socioambientais causados pelo lançamento de veneno entre janeiro e maio deste ano.
Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação
Saúde Pública Há 3 semanas Em Geral

Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação

Pacientes do Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) denunciaram a precariedade das instalações da unidade de saúde. Imagens enviadas ao site de notícias “Imperatriz Online” revelam a sujeira e as péssimas condições das poltronas na sala de aplicação de medicações
São Paulo, SP
26°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 26°

26° Sensação
4.63km/h Vento
39% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h47 Nascer do sol
05h28 Pôr do sol
Qua 28° 16°
Qui 28° 18°
Sex 28° 17°
Sáb 28° 18°
Dom 30° 20°
Atualizado às 15h06
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,29%
Euro
R$ 5,84 +0,36%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,07%
Bitcoin
R$ 371,925,75 -3,03%
Ibovespa
119,523,10 pts 0.32%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade