16°C 26°C
São Paulo, SP
Publicidade

Sindicalistas do setor papeleiro buscam contrapartidas sociais em reunião com BNDES

Presidente do Sindcelma, Anthony Dantas, lidera comitiva em demanda por responsabilidade social e ambiental nas concessões de empréstimos.

10/04/2024 às 09h25 Atualizada em 10/04/2024 às 10h30
Por: Carlos Leen
Compartilhe:
O objetivo central da reunião foi pleitear que os empréstimos concedidos às empresas de papel e celulose estejam atrelados a contrapartidas que beneficiem os trabalhadores e a sociedade em geral.
O objetivo central da reunião foi pleitear que os empréstimos concedidos às empresas de papel e celulose estejam atrelados a contrapartidas que beneficiem os trabalhadores e a sociedade em geral.

Na segunda-feira, 8 de abril, uma importante reunião entre representantes sindicais do setor papeleiro e dirigentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) marcou um momento crucial na busca por maior responsabilidade social e ambiental nas concessões de empréstimos às empresas do setor.

O presidente do Sindcelma, Anthony Dantas, desempenhou liderança ao integrar uma comitiva de sindicalistas em um encontro com representantes do BNDES.

O objetivo central da reunião foi pleitear que os empréstimos concedidos às empresas de papel e celulose estejam atrelados a contrapartidas que beneficiem os trabalhadores e a sociedade em geral.

"É fundamental que as empresas que recebem empréstimos públicos assumam compromissos concretos com a comunidade, o meio ambiente e os direitos dos trabalhadores", destacou Dantas durante o encontro.

O documento apresentado ao BNDES não se limitou apenas a demandas trabalhistas, mas também incluiu propostas voltadas à preservação ambiental e promoção da sustentabilidade.

A reunião foi articulada pelo Movimento Nacional dos Papeleiros/as, uma coalizão de sindicatos e trabalhadores do setor que tem como objetivo principal promover os interesses dos trabalhadores e lutar por melhores condições de trabalho e preservação ambiental.

"Os sindicatos desempenham um papel fundamental como agentes fiscalizadores das contrapartidas exigidas das empresas que recebem empréstimos públicos. Estamos aqui para garantir que essas contrapartidas sejam cumpridas e que os interesses dos trabalhadores e da sociedade sejam protegidos", ressaltou Dantas.

A reunião representa um passo importante na busca por uma maior responsabilidade social e ambiental por parte das empresas do setor papeleiro, demonstrando a importância do diálogo entre os sindicatos e as instituições financeiras para a construção de um setor mais justo e sustentável.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”
Governo MA Há 4 dias Em Geral

Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”

Foram atendidas em Imperatriz 33 pessoas de São Pedro da Água Branca, público-alvo das ações
Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz
Participação Social Há 2 semanas Em Geral

Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz

Nas audiências públicas de cada região, a população vai eleger quatro propostas, que já constam no Plano Plurianual (PPA 2024-2027) e que valem ser priorizadas já para o ano seguinte. Após a etapa presencial, haverá votação on-line na plataforma PARTICIPA MARANHÂO.
Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão
Meio Ambiente Há 2 semanas Em Geral

Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão

De acordo com um novo levantamento elaborado pela Rede de Agroecologia do Maranhão (Rama) e pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Maranhão (Fetaema), mais de 80 comunidades sofreram com os impactos socioambientais causados pelo lançamento de veneno entre janeiro e maio deste ano.
Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação
Saúde Pública Há 3 semanas Em Geral

Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação

Pacientes do Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) denunciaram a precariedade das instalações da unidade de saúde. Imagens enviadas ao site de notícias “Imperatriz Online” revelam a sujeira e as péssimas condições das poltronas na sala de aplicação de medicações
São Paulo, SP
26°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 26°

26° Sensação
4.63km/h Vento
39% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h47 Nascer do sol
05h28 Pôr do sol
Qua 28° 16°
Qui 28° 18°
Sex 28° 17°
Sáb 28° 18°
Dom 30° 20°
Atualizado às 15h06
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,24%
Euro
R$ 5,84 +0,30%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,01%
Bitcoin
R$ 372,552,52 -2,82%
Ibovespa
119,630,44 pts 0.41%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade