16°C 26°C
São Paulo, SP
Publicidade

Lista suja tem patrões de 22 cidades do Maranhão

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) incluiu mais 248 patrões no Cadastro de Empregadores que submeteram trabalhadores a condições análogas à escravidão. A Lista Suja, como o cadastro é conhecido, inclui empresas e fazendeiros de 22 municípios maranhenses. Confira a lista das cidades:

08/04/2024 às 10h04 Atualizada em 11/04/2024 às 12h15
Por: Carlos Leen
Compartilhe:
As atividades econômicas com maior número de empregadores incluídos na atualização corrente são: trabalho doméstico (43), cultivo de café (27), criação de bovinos (22), produção de carvão (16) e construção civil (12).
As atividades econômicas com maior número de empregadores incluídos na atualização corrente são: trabalho doméstico (43), cultivo de café (27), criação de bovinos (22), produção de carvão (16) e construção civil (12).

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) incluiu mais 248 patrões no Cadastro de Empregadores que submeteram trabalhadores a condições análogas à escravidão. A Lista Suja, como o cadastro é conhecido, inclui empresas e fazendeiros de 22 municípios maranhenses. Confira a lista das cidades:

Açailândia

Aldeias Altas

Amarante do Maranhão

Arame

Balsas

Barra do Corda

Bom Jesus das Selvas

Caxias

Cidelândia

Codó

Imperatriz

Itinga

Mirador

Montes Altos

Riachão

Ribamar Fiquene

São Félix de Balsas

São João do Paraíso

São João do Sóter

São Luís

Sítio Novo

Sucupira do Norte

As atividades econômicas com maior número de empregadores incluídos na atualização corrente são: trabalho doméstico (43), cultivo de café (27), criação de bovinos (22), produção de carvão (16) e construção civil (12).

Clique AQUI e confira a lista completa de patrões inseridos na Lista Suja do Trabalho Escravo do Ministério do Trabalho e Emprego.

Processo

Os empregadores incluídos na Lista Suja foram identificados a partir das ações de fiscalização de auditores do trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que atestaram as condições de trabalho análogo à escravidão. Em geral, essas ações contam com a participação de representantes da Defensoria Pública da União, Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e outras forças de segurança.

Durante a ação fiscal da inspeção do trabalho, se encontrados trabalhadores em condição análoga à de escravizados, os auditores lavram autos de infração para cada irregularidade trabalhista descoberta, quando os auditores públicos atestam a existência de graves violações de direitos. O empregador flagrado na prática de irregularidades ainda receberá o auto de infração específico com a caracterização da submissão de trabalhadores a essas condições. Cada auto de infração gera um processo administrativo. Para respondê-los, durante todo o processo, os autuados têm garantidos o contraditório e a ampla defesa.

Por isso, a inclusão de pessoas físicas ou jurídicas no Cadastro de Empregadores ocorre somente após a conclusão do processo administrativo que julga, especificamente, o auto sobre as irregularidades relacionadas ao trabalho análogo à escravidão.

De acordo com o MTE, o nome de cada empregador permanecerá publicado por um período de dois anos na Lista Suja. Por isso, nesta atualização, foram excluídos 50 nomes que já completaram o tempo de publicação estipulado. (Do DifusoraNews)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”
Governo MA Há 4 dias Em Geral

Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”

Foram atendidas em Imperatriz 33 pessoas de São Pedro da Água Branca, público-alvo das ações
Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz
Participação Social Há 2 semanas Em Geral

Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz

Nas audiências públicas de cada região, a população vai eleger quatro propostas, que já constam no Plano Plurianual (PPA 2024-2027) e que valem ser priorizadas já para o ano seguinte. Após a etapa presencial, haverá votação on-line na plataforma PARTICIPA MARANHÂO.
Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão
Meio Ambiente Há 2 semanas Em Geral

Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão

De acordo com um novo levantamento elaborado pela Rede de Agroecologia do Maranhão (Rama) e pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Maranhão (Fetaema), mais de 80 comunidades sofreram com os impactos socioambientais causados pelo lançamento de veneno entre janeiro e maio deste ano.
Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação
Saúde Pública Há 3 semanas Em Geral

Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação

Pacientes do Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) denunciaram a precariedade das instalações da unidade de saúde. Imagens enviadas ao site de notícias “Imperatriz Online” revelam a sujeira e as péssimas condições das poltronas na sala de aplicação de medicações
São Paulo, SP
22°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 26°

21° Sensação
2.57km/h Vento
44% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h47 Nascer do sol
05h28 Pôr do sol
Qua 28° 16°
Qui 28° 18°
Sex 28° 17°
Sáb 28° 18°
Dom 30° 20°
Atualizado às 18h06
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,34%
Euro
R$ 5,84 +0,42%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,03%
Bitcoin
R$ 375,853,06 -2,06%
Ibovespa
119,630,44 pts 0.41%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade