16°C 26°C
São Paulo, SP
Publicidade

Automedicação pode piorar casos de dengue, alerta especialista

Com o aumento do número de casos em todo o Brasil, o alerta é para o cuidado com tipos específicos de medicamentos

01/03/2024 às 11h27 Atualizada em 05/03/2024 às 15h11
Por: Carlos Leen
Compartilhe:
A especialista classifica ainda as classes dos analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos e até antiparasitários e corticóides como pontos de atenção, já que alguns desses remédios tendem a ser usados para o alívio dos sintomas comuns da doença, como d
A especialista classifica ainda as classes dos analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos e até antiparasitários e corticóides como pontos de atenção, já que alguns desses remédios tendem a ser usados para o alívio dos sintomas comuns da doença, como d

É um dos maiores perigos desta época do ano: chove durante um dia inteiro e, em seguida, o tempo passa alguns dias quente e abafado. A combinação é perfeita para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zyka e chikungunya.

Na região sudoeste do Maranhão, os números não são tão altos, mas o alerta é grande porque, de acordo com o Centro de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão, março será o mês mais chuvoso de 2024, intercalando com períodos de sol.

As regionais de saúde de Imperatriz e Açailândia são as maiores desta parte do estado e compõem juntas mais de 20 municípios. Os números considerados oficiais são baixos, em relação às outras regiões. Em Imperatriz, por exemplo, desde janeiro, foram 5 casos de dengue confirmados, 2 de zyka e 1 de chikungunya. Entre os casos de dengue, 2 foram hemorrágicos, a forma mais grave da doença.

A dona de casa Francisca de Assis Vieira é moradora do bairro Nova Imperatriz, local da cidade onde mais casos foram registrados no ano de 2023, quando a cidade teve mais 470 notificações. Ela ficou internada 15 dias por causa da dengue hemorrágica e precisou de transfusão de sangue: “Foi muito triste ficar no hospital. Eu me sentia muito fraca, só fui melhorando depois que o Dr. conseguiu descobrir o que eu tinha mesmo, que era dengue. Aí me deu os remédios e fui melhorando”, lembra sobre o período do tratamento.

A idosa de 65 anos diz ainda que demorou a procurar ajuda porque ficou tomando remédios em casa, o que é um grande risco. A farmacêutica, coordenadora do curso de farmácia da Wyden e professora do IDOMED, Rayssa Castro Bueno, faz o alerta quanto à automedicação, já que alguns remédios são contraindicados em caso de suspeita de dengue.  

“A automedicação é o ato de as pessoas tomarem medicamento sem a devida orientação médica ou farmacêutica. A dengue é uma doença que pode causar complicações graves caso sejam usados os medicamentos contraindicados. Eles podem favorecer a ocorrência de episódios hematológicos, como a dengue hemorrágica, e outras complicações”, explica.

A especialista classifica ainda as classes dos analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos e até antiparasitários e corticóides como pontos de atenção, já que alguns desses remédios tendem a ser usados para o alívio dos sintomas comuns da doença, como dor e febre.

“Por isso, é sempre importante buscar um profissional para buscar as medicações corretas. A automedicação pode aumentar os riscos de dengue hemorrágica”, completa a especialista.

DICAS DE COMBATE À DENGUE:

Evite deixar recipientes com água parada. Pelo menos uma vez por semana, limpe os quintais, vasos de plantas e todos os dias organize o lixo para que não fique espalhado. Até uma tampinha de refrigerante pode ser um criadouro do mosquito. A limpeza de calhas e caixas d’água também é fundamental.

Por Mônica Brandão

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”
Governo MA Há 4 dias Em Geral

Governo do Maranhão e Suzano realizam primeira etapa de cirurgias oftalmológicas do programa “Minha Vista Meu Tesouro”

Foram atendidas em Imperatriz 33 pessoas de São Pedro da Água Branca, público-alvo das ações
Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz
Participação Social Há 2 semanas Em Geral

Governo do Maranhão e AGEMSUL convocam para Orçamento Participativo 2024 em Imperatriz

Nas audiências públicas de cada região, a população vai eleger quatro propostas, que já constam no Plano Plurianual (PPA 2024-2027) e que valem ser priorizadas já para o ano seguinte. Após a etapa presencial, haverá votação on-line na plataforma PARTICIPA MARANHÂO.
Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão
Meio Ambiente Há 2 semanas Em Geral

Ataques químicos: os agrotóxicos que caem do céu no Maranhão

De acordo com um novo levantamento elaborado pela Rede de Agroecologia do Maranhão (Rama) e pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Maranhão (Fetaema), mais de 80 comunidades sofreram com os impactos socioambientais causados pelo lançamento de veneno entre janeiro e maio deste ano.
Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação
Saúde Pública Há 3 semanas Em Geral

Imperatriz: Falta de estrutura no Hospital Municipal gera indignação

Pacientes do Hospital Municipal de Imperatriz (Socorrão) denunciaram a precariedade das instalações da unidade de saúde. Imagens enviadas ao site de notícias “Imperatriz Online” revelam a sujeira e as péssimas condições das poltronas na sala de aplicação de medicações
São Paulo, SP
22°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 26°

21° Sensação
2.57km/h Vento
44% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h47 Nascer do sol
05h28 Pôr do sol
Qua 28° 16°
Qui 28° 18°
Sex 28° 17°
Sáb 28° 18°
Dom 30° 20°
Atualizado às 18h06
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,44 +0,34%
Euro
R$ 5,84 +0,42%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,14%
Bitcoin
R$ 376,177,03 -1,98%
Ibovespa
119,630,44 pts 0.41%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade